Suffolk é a grande raça da ovinocultura brasileira

SAMSUNG CAMERA PICTURES

O Suffolk é, sem dúvida, a melhor raça para a produção de carne ovina. Isso é indiscutível. Mas este ano foi ainda mais especial para os criadores da raça. Nos últimos anos, a ABCOS intermediou a compra de sêmen inglês e, neste ano, os criadores e apaixonados pela raça têm acompanhado os resultados cada vez mais latentes fruto desse investimento.

“Nós fizemos consultas a especialistas e aos próprios criadores e chegamos a conclusão que o Suffolk brasileiro deve ter características muito acentuadas da linhagem inglesa, que se aproximem de sua origem, ou seja, animais mais baixos e de aptidão carniceira”, afirma o presidente da ABCOS, Bruno Garcia Moreira.

O dirigente afirma que em breve a maioria do rebanho de Suffolk no Brasil terá características inglesas. “Há alguns anos iniciamos a importação de sêmen de animais genuinamente ingleses, que foi muito aceito pelos criadores e que estão sendo usados paulatinamente nas cabanhas. Não tenho dúvida que o Suffolk será extremamente competitivo na produção de carne e muito resistente, afinal os nossos animais passaram por diversas linhagens, muitas adversidades e essa resistência será uma importante herança genética”, ressalta Garcia Moreira.

Em Esteio (RS), O Suffolk foi a segunda raça com o maior número de ovinos durante a Expointer 2015, a raça cresceu 37% em relação a 2014. De acordo com o diretor técnico da ABCOS, Gustavo Martins Ferreira, que julgou os animais da raça na Expointer deste ano, o Suffolk tem um caminho bastante promissor.

“Nesta Expointer, o campeão e seu reservado juntamente com o terceiro e quarto melhor, a campeã e sua reservada juntamente com a terceira e quarta melhor, são os animais que veremos com mais frequência e em maior número nas próximas feiras e exposições. De modo geral, já pudemos observar animais mais próximos do chão com um bom equilíbrio entre as partes do corpo mostrando funcionalidade. Ainda há algumas questões a serem ajustadas, mas não tenho dúvida de que os criadores estão no caminho certo”, define o zootecnista.

No Estado de São Paulo, a hegemonia do Suffolk no Campeonato Cordeiro Paulista (CCP) é brutal. A raça conquistou o campeonato pela 11ª vez, nas outras três edições do CCP em que o Suffolk não foi campeão foi vice. O presidente da ABCOS lembra que a sustentabilidade econômica da ovinocultura passa pela produção de carne com qualidade. “O Suffolk é a melhor opção para os criadores de ovinos. Carne de excelente qualidade, ótimo desempenho reprodutivo, rápido ganho de peso e fantástica conformação de carcaça. Ou seja, tudo o que criador deseja de uma raça de ovinos para produção de carne”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>