Setor ovino do Uruguai exportou US$ 329,3 milhões em 2012

suffolkuruguai1

O setor ovino do Uruguai exportou no ano passado US$ 329,3 milhões, o que representou uma queda de 18,6% sobre 2011, segundo informou o Secretariado Uruguaio de Lã (SUL), com base nos dados fornecidos pela Direção Nacional de Aduanas. Esse valor compreende as vendas de lãs e produtos derivados, carne ovina, peles, ovinos em pé, gordura de lã e lanolina.

O principal produto de exportação ovina continua sendo a lã e os produtos de lã que, com um faturamento de US$ 229,6 milhões, tiveram uma participação de 69,7% do total exportado e representou uma baixa de 20,4% com relação a 2011.

A carne ovina, por sua vez, teve queda de 21,6% nas exportações, faturando US$ 71,2 milhões, o que significou uma participação de 21,7% no total exportado. As vendas de ovinos em pé tiveram um aumento importante, passando de 0,2% para 3,3% no total de exportações do setor. Foram exportados nesse setor um total de US$ 2,4 milhões, o que representa um aumento de 211,6%. As exportações de peles ovinas tiveram um valor de US$ 11 milhões, o que marca uma queda de 22,6%.

Em termos de volume, o Uruguai exportou no ano passado 38,3 milhões de quilos de lã equivalente base suja (lã suja, lavada e cardada), significando 20,7% a menos que em 2011. O Uruguai exportou lã para 51 mercados. No que diz respeito às exportações de lã suja, lavada e cardada, o faturamento foi de US$ 204,5 milhões, o que implica em uma baixa de 19%. Esse grupo de produtos teve como principal destino a China, que comprou 39% do total. A China comprou 81,7% da lã suja exportada pelo Uruguai.

Durante 2012, o Brasil foi o principal mercado para as exportações de carne ovina, adquirindo 41,4% do total em valor, com compras de US$ 71,2 milhões. Em volume, o Brasil comprou 38% do total, ficando em 13.800 toneladas. O produto teve como destino 37 países e a China foi o segundo comprador em volume e em valor. O principal comprador de carne resfriada e congelada sem osso foi a Alemanha. Os principais compradores de carne congelada com osso foram Brasil, China, Jordânia e Líbia.

Com informações do jornal uruguaio El Observador.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>