Seca leva a abates de cordeiros na Austrália

suffolk_australia1

Se na Inglaterra o clima é de extremo frio e umidade, na Austrália a situação é a oposta. A seca que pairou sobre a região sul da Austrália continuaram forçando os produtores a abater cordeiros em volumes maiores durante os últimos meses.

Os abates de cordeiros permaneceram altos, em 1,8 milhão de cabeças, 10% a mais que em fevereiro do ano passado. Victoria, Western Austrália e Tasmânia foram as regiões mais afetadas, com os abates ficando em 859.000, 168.000 e 60.000 cabeças, sendo 23%, 8% e 96% maiores, respectivamente, que no ano anterior.

Apesar de os números de abates na Austrália terem aumentado significativamente desde o começo do ano, a produção de carne de cordeiro ficou em 39.110 toneladas, apenas 5% a mais que em fevereiro do ano anterior.

Isso foi resultado dos menores pesos das carcaças, à medida que os menores estoques de alimentos animais inibiram as atividades de terminação. O peso médio das carcaças de cordeiro da Austrália em fevereiro foi de 21,7 quilos, 1,04 quilos (4,6%) a menos que em outros meses.

No mês de março houve uma leve melhora nas condições de clima em New South Wales e Western Austrália, o que poderá levar a uma desaceleração nos abates, mas chuvas adequadas continuam ausentes em Victoria e South Austrália, o que pressionaria os produtores que estão segurando os animais para obter melhores preços.

Com informações do portal Meat and Livestock Australia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>