Nacional do Suffolk faz sucesso em Araçatuba (SP)

internanacionalA 9ª Exposição Nacional do Suffolk, que aconteceu entre os dias 12 e 17 de julho, em Araçatuba (SP) foi considerada um sucesso por criadores, expositores e visitantes, que puderam acompanhar os melhores animais da raça, em um dos eventos mais aguardados da ovinocultura em 2016. Mais de 100 animais estiveram na exposição, onde estiveram presentes criadores de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

“Eu acredito que o evento já foi um sucesso mesmo antes de começar. Fizemos um excelente trabalho de divulgação entre os criadores, na Internet, nas Redes Sociais, o que atraiu o interesse da impressa. Sem dúvida, fizemos um ótimo trabalho de mídia e não tenho dúvidas de que os criadores estão mais atentos ao Suffolk. O envolvimento dos criadores, do SIRAN e da ASPACO também fundamentais para esse sucesso.”, explicou o presidente da ABCOS, Bruno Garcia Moreira.

O responsável pelos julgamentos foi o criador e jurado de Suffolk na Inglaterra, Michael Weaver, que já esteve no Brasil em outras ocasiões. “Eu estou impressionado com a qualidade genética e a evolução do Suffolk desde a última que estive no Brasil em 2013, para o julgamento na Expointer. Tenho certeza que o Suffolk tem um excelente caminho pela frente e é possível notar o esforço e o trabalho dos criadores para que isso aconteça”, concluiu.

Na manhã do dia 16 de julho foi definido o Grande Campeão, animal de identificação GMF IA 417, da Cabanha Suffolk GMF, do criador Gustavo Martins Ferreira, de Rubiácea (SP). O Reservado Grande Campeão foi o animal de identificação GMF IA 371, da Fazenda Santa Fé, do criador Hugo Procópio de Oliveira Cardim, de General Salgado (SP).

“Eu tenho contato com os ovinos desde os meus seis anos e desde os 12 tenho uma proximidade maior com a ovinocultura. Em 2016, faz 20 anos que adquiri meu primeiro animal com certificado de registro, então essa conquista vem coroar um trabalho de muitos e muitos anos. O grande campeão é um borrego muito bom e estou muito feliz com o resultado”, explicou Martins Ferreira.

Ainda de acordo com o criador, o Leilão Elite Nacional Suffolk foi satisfatório. “Eu ponho meus animais à venda com o intuito de proporcionar qualidade no rebanho dos outros criadores. Eu tive 100% de venda e tenho certeza de quem os adquiriu terão ótima qualidade genética em suas propriedades e esse é o meu intuito enquanto criador e entusiasta do Suffolk”, afirmou.

Cardim também está bastante satisfeito com o resultado da Nacional do Suffolk. “Eu não tenho tradição de animais em pista e a exposição teve animais de excelente qualidade. Conquistar o Reservado Grande Campeão é um grande resultado. Isso é fruto de um trabalho que tenho feito com o zootecnista Gustavo Martins Ferreira e investindo em genética”, disse.

Também dia 16 de julho, foi definida Grande Campeã, o animal de identificação IA 590, da Fazenda Descanso, do criador João Augusto Botelho do Nascimento, de São Martinho da Serra (RS). A Reservada de Grande Campeã ficou com o animal de identificação IA 660, também da Fazenda Descanso.

“Depois de viajar 1.300 km é gratificante selar essa Nacional do Suffolk com a Grande Campeã e Reservada Grande Campeã. Sobretudo em uma pista pesada, com animais muito bons, que já estão no caminho do novo biotipo do Suffolk, que estamos buscando. A borrega campeã, a 590 foi Reservada Grande Campeã em Esteio (Expointer) no ano passado, Grande Campeã da Fonovinos neste ano e vamos levá-la para Expointer. A Reservada é outro belíssimo animal e estamos investindo nela”, afirmou o criador gaúcho.

Ainda de acordo com Botelho do Nascimento, a Nacional do Suffolk foi um sucesso. “A Nacional atingiu seu objetivo. Divulgamos muito bem a raça, fizemos um bom trabalho de mídia, os criadores estão observando o Suffolk com os olhos bem mais atentos. Tivemos um bom julgamento com o Michael. O novo biotipo do Suffolk tem sido bem aceito pelo mercado, o que é muito importante. Eu faço um balanço bastante positivo sobre a Nacional do Suffolk”, ressaltou.

Presidência
A Nacional do Suffolk rendeu mais que um grande evento. Durante uma reunião entre os criadores, o associado Vinício Bastos foi indicado para presidência da ABCOS para o biênio 2017/2018. Gaúcho, criador de Suffolk desde 2005, atuante nas questões do Suffok, Bastos foi presidente do Núcleo de Criadores de Ovinos de Júlio de Castilhos (RS) por seis anos, onde atualmente é tesoureiro. Ele afirma estar surpreso com a indicação, mas feliz com o desafio.

“Entendo que cada um do grupo tem condições de dar sua contribuição para a raça. Fiquei surpreso com a indicação, mas aceitei porque será uma experiência talvez marcante na minha vida, ocupando um cargo em nível nacional. As expectativas são as melhores, pois a raça passa por uma mudança, com animais bem mais funcionais e temos um mercado muito promissor a ser explorado, que é produzir cordeiro Suffolk”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>