Santana do Livramento quer se tornar a capital nacional da ovinocultura

suffolkbayA cidade gaúcha de Santana do Livramento deseja tornar-se a capital nacional da ovinocultura. Essa é uma aspiração dos envolvidos com a atividade no município, além de ser uma das ambições da Associação e Sindicato Rural de Livramento, que espera que a cidade se torne referência a nível nacional.

A cidade possui maior rebanho ovino do País, com cerca de 450 mil cabeças e a expectativa dos criadores é arregimentar forças e pleitear essa condição. “Não apenas em função do volume, mas também pela qualidade dos animais, essa perspectiva é concreta e vai depender da mobilização efetiva da comunidade, tanto rural, quanto urbana”, afirma o presidente da Rural santanense, engenheiro agrônomo Luiz Claudio Andrade.

A ideia ganhou força durante 37ª Expofeira de Ovinos de Verão, que foi realizada no Parque de Exposições Augusto Pereira de Carvalho. Mais do que fomentar a ideia, Andrade está trabalhando junto aos produtores da ovinocultura para que se forme um trabalho conjunto para encaminhar ao Congresso Nacional esse desejo.

“Estamos intensificando a propagação da ideia com a finalidade de somarmos os nossos esforços a fim de iniciar o processo para que possamos concretizar essa aspiração”, pontua o presidente.

Ele salienta que é possível também pensar em uma marca física para a condição de Livramento, homenageando aos criadores de ovinos de todas as raças. “Vamos trabalhar passo a passo e granjear a comunidade como aliada para esse pleito inicial, obter o reconhecimento nacional como capital nacional da ovinocultura”, acentua Andrade.

Com informações do jornal A Plateia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>