Produção de carne ovina da Austrália conquista novos recordes em julho

sufffolkA produção australiana de carne de cordeiro alcançou seu maior volume em julho e totalizou 37.669 toneladas. O número é 18% maior que a média dos últimos cinco anos, ultrapassando apenas em 1% o volume produzido em julho de 2012 (37.215 toneladas), de acordo com dados do Australian Bureau of Statistics. Os abates australianos de cordeiros também alcançaram o maior nível em julho até agora, de 1.775.080 cabeça, o que representa 8% a mais que no ano anterior e 19% mais com relação à média dos últimos cinco anos.

A produção em no Estado de New South Wales caiu 4% com relação ao ano anterior (10.353 toneladas), ainda que tenha aumentado 19% com relação à média dos últimos cinco anos, enquanto em Victoria a produção aumentou levemente com relação ao ano anterior (17.431 toneladas) e 21% com relação à média dos últimos cinco anos.

O Estado de South Austrália teve seu menor volume produzido em um mês desde agosto de 2008, de 4.206 toneladas, com a maioria das regiões produtoras de ovinos no estado recebendo chuvas acima da média durante o mês. Os números de abates em South Austrália caíram 25% em julho com relação ao ano anterior, para 185.751 cabeças.

Em contraste, a produção em julho em Western Austrália dobrou comparado com o mesmo período do ano anterior e foi 38% maior que a média dos últimos cinco anos devido aos altos abates de cordeiros durante um dos meses de julho mais secos já registrados. Os abates de cordeiros em Western Austrália também dobraram com relação ao ano anterior (155.508 cabeças) e foram 32% maiores do que a média dos últimos cinco anos.

A produção de carne de carneiro viu um aumento significante com relação ao ano anterior em julho, para 13.916 toneladas, 90% a mais que no mesmo período do ano anterior. Contudo, assim como ocorreu com os cordeiros, houve uma porcentagem maior de ovinos com peso mais leve nos leilões durante julho e embora os abates tenham aumentado 104% com relação ao ano anterior (651.700 cabeças), a produção não foi tão alta como se esperava.

As informações são do portal Meat and Livestock Australia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>