Pesquisadores testam alimentos alternativos para ovinos

racao1Em matéria publicada pelo programa Nosso Campo, da TV Tem, pesquisadores da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), em Itapetininga (SP), estão realizando um experimento que consiste em alimentar ovinos cana-de-açúcar e silagem feita com ramas de mandioca. As ovelhas, criadas em sistema de confinamento, estão reagindo bem ao alimento que é rico em fibras. O estudo, que já dura dois anos, aponta melhoria na produção e no sabor da carne e rendimento da carcaça.

Também em Itapetininga está sendo testado um farelo a base de pinhas na alimentação do rebanho bovino. Depois de trituradas, as pinhas são misturadas a outros farelos, como o de soja. O farelo de pinha substitui o farelo de milho e ajuda a reduzir a produção de metano na digestão dos animais.

Já em Santa Fé do Sul (SP) uma pesquisa do Instituto de Pesca está transformando as sobras de filé de Tilápia, em farinha de óleo de peixe. O que antes era descartado, agora é aproveitado e vira farinha de peixe. Esse alimento volta para os tanques e ajuda a garantir a proteína para a engorda de outros peixes.

Confira a matéria completa aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>