Jovens procuram o Senar/MS para qualificação no sistema de ILPF

SenarMSO curso de Assistente de Planejamento e Controle de Produção, na vertente Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF), oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS), por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec Agro) têm atraído muitos universitários e jovens profissionais, que desejam trabalhar no campo com mais eficiência.

É o caso da engenheira agrônoma Nathalia Pereira Ribeiro, 22 anos, formada em 2014, que classifica o curso como de pós-graduação. “Um curso completo e que pode até ser considerado uma especialização latu sensu para quem acabou de terminar a faculdade no setor agropecuário”. Ela participa da turma iniciada em novembro e que terminará no dia 6 de fevereiro, com carga horária total de 240 horas.

Da mesma turma de Nathalia, o engenheiro agrônomo Marion Henry Ribeiro Dantas, 23 anos, acredita que é uma oportunidade única para os profissionais que possuem afinidade com o sistema ILPF e que estão em busca de mais conhecimentos.

“Não tenho dúvidas de que uma excelente chance de negócio para os profissionais do setor, visto que o sistema está em expansão em todo país. Obtive a informação que atualmente no mercado existe uma defasagem de 10 mil técnicos de ILPF e comprovei na prática, pois, apesar de não ter terminado a qualificação, já avalio algumas propostas de emprego”, relata.

O instrutor do Senar/MS, Francisco Marcondes de Almeida, responsável pela turma de ILPF do Pronatec Agro, diz que os alunos estão comprometidos com o aprendizado, a fim de incrementar o currículo profissional.

“A demanda de alunos para qualificações do Pronatec foi ótima e observamos a disposição de todos em aperfeiçoar seus conhecimentos. A maior parte chega aqui já sabendo da expansão que o sistema ILPF conquistou e sabe que a dedicação resultará em oportunidades no mercado de trabalho”, argumenta.

Balanço 2014
Ao final de 2014, a Instituição contabilizou um aumento expressivo, tanto no número de vagas oferecidas, quanto no número de alunos formados. Em 2013, foram oferecidas 92 turmas, contra 112 em 2014, referente a 14 opções de capacitações, incluindo as do Pronatec e Pronatec Agro. Enquanto isso, o número de alunos aumentou de 1.168 alunos para 1.384, com meta de ultrapassar dois mil concluintes em 2015.

Com informações do Senar/MS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>