Exportações de carne ovina dos EUA caíram quase 30% em janeiro


sssufolkAs exportações de carne ovina (cordeiro, carneiro e miúdos) dos Estados Unidos no mês de janeiro registraram queda de 28,2% em volume. Se por um lado houve diminuição na quantidade, o valor da carne aumentou 16,6% com relação ao mesmo mês do ano anterior. Os dados são do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), compilados pela Federação de Exportações de Carnes daquele país (USMEF).

O México continuou sendo o principal destino de exportação, comprando 851 toneladas (86,5% do total) no valor de US$ 1,6 milhão (64,3% do total). As vendas ao México aumentaram 37,2% em valor, mas caíram 16,7% em volume. Canadá e Caribe foram o segundo e o terceiro mercados para as exportações de carne ovina dos Estados Unidos e ambos registraram declínios com relação aos números do ano anterior.

De acordo com dados de 2010, o rebanho norte-americano é de aproximadamente 6 milhões de cabeças, sendo formado predominantemente por raças e cruzamentos, que diferenciam muito dos animais brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>