Entrevistamos o novo presidente da ASPACO, Bruno Garcia Moreira

brunoaspaco1Ontem (4), tomou posse o novo presidente da Associação Paulista dos Criadores de Ovinos (ASPACO), que também é presidente da ABCOS, Bruno Garcia Moreira. O novo comandante falou sobre os desafios e da responsabilidade de assumir a instituição paulista nos próximos dois anos.

ABCOS – Como surgiu o convite para ser presidente da ASPACO?
Bruno – O presidente atual da ASPACO me indicou e foi prontamente atendido pelos demais membros da atual diretoria. Depois eu fui convidado formalmente pelo presidente Arnaldo e após refletir por um tempo, contatei alguns novos companheiros e resolvi assumir este grande desafio.

ABCOS – Na sua opinião, qual o principal desafio à frente da entidade?
Bruno – Na minha opinião temos vários desafios pela frente e todos tem seu grau de importância,mas a principal meta é trabalhar em prol da produção de carne, para que nosso rebanho possa sofrer um ganho positivo nos próximos anos.

ABCOS – Você planeja alguma mudança na ASPACO?
Bruno – Por enquanto estamos na fase de estudos e só depois iremos tomar medidas na gestão da instituição.

ABCOS – Quais são as suas perspectivas na criação de ovinos no período em que comandará a ASPACO?
Bruno – Como disse acima minha grande perspectiva é contribuir para o aumento do rebanho paulista de ovinos de forma sustentável.

ABCOS – O que os criadores de ovinos do Estado de São Paulo podem esperar na sua gestão?
Bruno – Muita dedicação, trabalho e acima de tudo, com muita transparência e democracia.

ABCOS – Quais as diferenças entre comandar a ABCOS e a ASPACO?
Bruno – Os desafios são muitos em todas as associações. A grande diferença é que uma se dedica a uma determinada raça e a outra tem seu foco voltado para a melhoria de todas as raças, em especial dentro de estado de São Paulo e neste quesito, a raça Suffolk está englobada tanto quanto as outras raças.

ABCOS – Está nos seus planos fazer a interação entre outras associações estaduais?
Bruno – Sim, com certeza. É desta forma que nós vamos nos fortalecer e poder exigir da ARCO e de todos os organismos públicos envolvidos na cadeia da ovinocultura mais dedicação,mais projetos e enfim, melhorias para todos os criadores de ovinos no Brasil.

ABCOS – Você deseja acrescentar alguma coisa?
Bruno – Sim, espero que todos os criadores de ovinos, em especial esta nova diretoria, se dediquem muito pela ovinocultura de São Paulo e deixem de lado um pouco seus interesses pessoais em prol dos interesses coletivos.

Deixo uma mensagem para reflexão: “Qualquer vitória perde o seu valor a menos que a utilizemos para um propósito ainda maior”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>