“É preciso investir no Suffolk para que produção de cordeiros cresça no Brasil”, afirma presidente da ABCOS

suffolkDe acordo com informações da ARCO, o Brasil possui cerca de 17 milhões de cabeças de ovinos e somente em 2014, a importação de carne de cordeiro foi de 9 toneladas, o que representa 90% da carde ovina consumida no País. Ainda segundo a ARCO, o Brasil precisaria de 50 milhões de cabeças de ovinos para atender o mercado e deixar de importar carne do Uruguai e da Nova Zelândia.

O presidente da ABCOS, Bruno Garcia Moreira, acredita que é preciso olhar com mais interesse pela raça Suffolk. “O mercado está avido por carne de cordeiro e o crescimento da ovinocultura no Brasil passa pelo Suffolk. O País precisa de carne de cordeiro de qualidade e o Suffolk é a raça que pode oferecer isso ao mercado”, afirma.

Segundo Moreira, a raça Suffolk tem provado sua qualidade ao longo dos anos. “A raça Suffolk conquistou, este ano, o Campeonato Cordeiro Paulista pela 11ª vez e foi vice nas outras três, em 14 edições. Os criadores da ABCOS investiram pesado na importação de sêmen inglês e já pudemos observar na Expointer deste ano animais com ótima conformação, mais baixo e com aptidão carniceira”, ressalta.

O dirigente ainda afirma que a ABCOS está disponível para esclarecer dúvidas sobre a raça. “O Suffolk é, sem dúvidas, a melhor raça para produção de carne, ótimo aproveitamento de carcaça, além de ter excelente habilidade materna. Portanto, seja pelo site, e-mail (abcos@abcos.com.br) ou pelo Facebook, nós estamos a disposição para atender pelos interessados pela raça e fazer elevar a produção de carne ovina no Brasil”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>