CNA apresenta proposta de linha de créditos para ovinos

Suffolk122A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) apresentou uma proposta de linha de crédito para a retenção de matrizes caprinas e ovinas durante a 33ª reunião ordinária da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Caprinos e Ovinos, realizada na semana passada, em Brasília.

O projeto prevê R$ 250 por matriz retida com limite de até R$ 50 mil por produtor, conforme o tamanho da sua criação (pequena, média ou grande). O prazo sugerido para o pagamento seria de até cinco anos com carência de um ano. “O nosso objetivo é fortalecer o rebanho brasileiro com capital de giro para incentivar o produtor a manter o seu plantel, além de viabilizar plantas frigoríficas e o abastecimento do mercado”, explica o presidente da Comissão Nacional de Caprinos e Ovinos da CNA, Francisco Edilson Maia da Costa.

A proposta ainda depende de aprovação da Câmara e será encaminhada para avaliação da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Os representantes do setor solicitarão que os recursos para a linha já estejam previstos no Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2013-2014.

No encontro também foi apresentada a nota técnica com as conclusões do estudo de Viabilidade da Planta de Referência. O trabalho é fruto de um estudo realizado pela CNA, pelo Sebrae e pelo Mapa ao longo de mais de um ano e servirá como modelo para a instalação de frigoríficos de animais de médio porte dentro dos critérios ambientais e sanitários estabelecidos pela legislação.

“Chegamos à conclusão da viabilidade econômica desta planta. Era uma demanda antiga do setor que agora está sanada. Distribuiremos esse material para cooperativas, sindicatos e associações utilizarem”, declara Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>