Agroescola em MS oferece capacitação em ovinocultura

O projeto Agroescola, lançado recentemente pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), é o resultado de um esforço conjunto entre a unidade de Campo Grande, no Estado do Mato Grosso do Sul e os governos estadual e municipal. O prédio do Centro Tecnológico de Especialização Agropecuária (Agroescola) está localizado na sede da Embrapa Gado de Corte, que fica às margens do km 4 da BR 262, em Campo Grande.

A escola conta com 19 alunos oriundos do ensino médio da Escola Agrícola de Campo Grande. A duração do curso de capacitação em gado de corte é de 10 meses e o número total de vagas é 25, o que deverá ser preenchida na sua totalidade a partir de março, quando será organizada a segunda turma. O curso está dividido em cinco módulos com aulas teóricas e práticas abrangendo as áreas de melhoramento animal, sanidade, pastagens, ovinocultura e sistema de produção animal.

Os professores são pesquisadores da Embrapa. Rozimar Lopes Bezerra, pedagoga e funcionária municipal, responde pela coordenação do curso, segundo ela, o esforço está sendo grande para cumprir o cronograma planejado com aulas sendo ministradas até aos sábados. “Pretendemos formar a primeira turma no final do mês de fevereiro. Nossa expectativa é disponibilizarmos para o mercado técnicos qualificados”, diz a coordenadora que não descarta a proposta de parcerias para colocação do contingente no mercado de trabalho.

Hélia D´’Ávila, de 19 anos, é uma das alunos e afirma que o curso é muito bom e que o aprendizado está sendo de muita utilidade, já que ela pretende seguir carreira no curso superior de agronomia com intenção de trabalhar com projetos de integração lavoura-pecuária-floresta. “Quero atuar na área e participar de projetos e estou achando ótima as aulas práticas com ovinos e nos laboratórios””, declarou.

O propósito do curso é aproximar o conhecimento e a geração tecnológica do centro de pesquisa com os setores de formação, capacitação e qualificação do trabalhador, utilizando-se das condições de geração e prática tecnológica de pecuária de corte existente na Embrapa Gado de Corte, como núcleo de especialização para os alunos formados em escolas agrotécnicas.

Mais informações podem ser obtidas com a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do MS (Fundect): http://fundect.ledes.net

Com informações da Embrapa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>